ago 17, 2014
Breaking News: Sed ut perspiciatis, unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque laudantium

Mês: abril 2015

18725 Views
compulsão

Florais de Bach Originais para compulsão alimentar

00Home 4

timthumb

O que é compulsão alimentar emocional?

É quando uma pessoa usa o alimento como uma maneira de ajuda para os sentimentos. Esses sentimentos podem ser tédio, ansiedade, ciúme, alegria ou qualquer outro. A compulsão alimentar emocional pode envolver obsessão com a comida, peso e dieta.

Durante a dieta, as emoções se tornam mais aparentes e ressurge velhos hábitos.

Você pode reconhecer algumas destas afirmações:

– “Quando eu me sinto nervoso, eu como muito.”

– “Quando eu faço algo difícil, sinto que mereço uma recompensa e por isso eu como.”

–  “Quando me sinto triste ou solitária, eu me consolo com a comida.”

– “Quando eu me sinto tenso por uma razão desconhecida, eu tenho um forte desejo de comer.”

Florais de Bach Originais para ajudar na compulsão alimentar:

Chestnut Bud – ajuda a observar seus erros objetivamente para que você possa aprender com eles e seguir em frente. Para você não repetir os mesmos erros de outras dietas.  Ajuda a obter conhecimento a partir de sua experiência.

Crab Apple – ajuda a aceitar as suas imperfeições físicas e se sentir melhor sobre a maneira como você é. Quando você não gostar de algo sobre si mesmo, Crab Apple ajuda você aceitar suas imperfeições.

Cherry Plum – ajuda você a agir de forma racional e pensar claramente com uma mente calma e equilibrada, quando você teme perder o controle. Quando você tem medo você pode perder o controle de sua dieta, Cherry Plum pode ajudá-lo a pensar mais sobre suas escolhas.

Obs: Os Florais de Bach Originais não substituem o tratamento médico. Eles o complementam.

 

5236 Views
acu-e1427911074396-1024x391

Acupuntura e Florais de Bach

00Florais de Bach

“A estrutura da vida de cada indivíduo é composta de certas linhas ou temas que lhe são mais importantes e com os quais vai ter que aprender a lidar. Quando uma pessoa trabalha esses temas de forma positiva, aprendendo sua lição e permitindo a expressão e o desenvolvimento de suas habilidades naturais, pode ter que superar dificuldades, mas sentirá satisfação interior… As lições de vida podem implicar na superação para não repetir padrões negativos, como a raiva, a intolerância ou o medo do fracasso. O modo pelo qual se pode superar os padrões negativos é não lutar contra eles, pois isso pode fortalecê-los; deve-se sim, colocar maior energia nos padrões positivos que os devem substituir. A maioria das doenças da sociedade moderna resulta da falta de contato com as “energias do espírito”.

Que familiar, pensei! São palavras do Dr. Edward Bach, com certeza, ou não…? Em mais de 20 anos estudando, ensinando e trabalhando com Florais de Bach podia jurar que sim, mas não eram! O texto se encontra no livro “Combinações dos Pontos de Acupuntura, A Chave para o Êxito Clínico, capítulo 4, Os Dez Tipos de Personalidades” (Roca, 2003), do acupunturista britânico Jeremy Ross, um dos pioneiros da Medicina Chinesa na Europa e Estados Unidos.

Resultado de larga experiência clínica e interpretação pessoal, o autor classifica as personalidades a partir dos Cinco Elementos ou Cinco Movimentos, considerando as características Yin e Yang de cada um. Cada elemento – Fogo, Terra, Metal, Água e Madeira – está relacionado a um órgão e a emoções e características pessoais. O elemento Fogo tem relação com o coração, euforia e entusiasmo excessivo. A Terra está conectada ao baço e  preocupação excessiva. Metal está ligado ao pulmão e aos sentimentos de pesar, tristeza e mágoa. A Água é o elemento dos rins, ligado aos medos. A Madeira tem relação com o fígado, e com raiva e agressividade.

Assim, Ross classifica cada elemento, descreve os tipos de personalidade e propõe combinações de pontos específicos que ajudem a “equilibrar os padrões negativos e desenvolver suas habilidades”. E conforme descreve os Dez Tipos de Personalidade, nos leva a correlacionar com as Essências Florais de Bach, sistema desenvolvido pelo médico inglês Dr. Edward Bach, em meados dos anos 1930. Veja a seguir a descrição dos 10 Tipos de Personalidade de Ross e a correspondência com as essências Florais de Bach!

ELEMENTO FOGO

Tipo Fogo Yin – sério, triste, melancólico; sem interesse pela vida, pelos relacionamentos e pela atividade social, sensação de solidão, de não ser amado. Essas características nos levam diretamente a pensar no floral Wild Rose: “não tem entusiasmo nem motivação para mudar sua vida, são passivas e podem se tornar resignados e apáticos; sentem uma insensibilidade emocional, nem triste nem feliz, nem animação nem depressão, carência de energia vital, da centelha da vida”.

Tipo Fogo Yang – podem ter grande habilidade de inspirar e encorajar outras pessoas, de se comunicarem e divertirem, mas precisam aprender quando parar. É fogo que parece queimar muito intensamente, sem adequado controle. Tende à atividade incessante e ao entusiasmo excessivo. Pode haver verborreia, atividade social e sexual excessivas. A descrição de Vervain: “tende a ser laborioso e sempre está em atividade. São entusiastas quanto a seus objetivos, defendem com veemência seus ideais, mas podem se tornar dogmáticos, exercendo muita pressão sobre os demais, são incapazes de relaxar e vivem em estado de grande tensão.

ELEMENTO TERRA

Segundo Ross, o elemento Terra representa a mãe, que tem a capacidade de cuidar e a preocupação com os outros. É matéria, estabilidade, nutrição e cuidado.

Tipo TERRA Yin – aqueles que vivem num mundo de pensamentos, preocupações e elucubrações mentais, com muitos pensamentos e pouca ação. Palavras do Dr. Bach para o White Chestnut: “para os que não conseguem evitar pensamentos, ideias e deduções que entram em suas mentes. Os pensamentos preocupantes não lhes abandonam, causando tormento mental e dificuldade de concentração”.

Tipo TERRA Yang – “grande capacidade para cuidar dos outros, mas por seus medos, insegurança e vazio interior, usam o cuidado  e a solicitude para prender os outros, controlar e restringir suas vidas. Apegado, possessivo e intrometido na vida alheia, sufocam o crescimento das pessoas e limitam o desenvolvimento da independência. Usam o altruísmo de forma egoísta, ficam ressentidos quando se sentem rejeitados”. O Floral de Bach indicado seria Chicory, literalmente.

ELEMENTO METAL

Na filosofia chinesa, “Po, a Alma Corpórea”, tem ligação com o órgão físico pulmão e com o elemento Metal. É o aspecto mais denso, mais físico e mais material da alma. “Po” equivale ao corpo energético que permeia o corpo físico e é deste inseparável. Ela vibra com o ritmo da respiração. Os pulmões e o Metal estão envolvidos com o ritmo de receber e liberar, relacionado à respiração e à formação e dissolução de vínculos emocionais.

Tipo METAL Yin – dificuldade de formar laços duradouros, temor de criar novos relacionamentos por medo da perda, sem participação ativa no presente, vive no passado. Corresponde às indicações do floral Honeysuckle.

Tipo METAL Yang – são tipos que não querem se livrar de suas mágoas, gostam de espalhar sua miséria. Agarram-se às amarguras, ressentimentos e lamentações. Negatividade que contamina os outros. O floral Willow: “pessoas amarguradas e ressentidas, acham difícil consideram o lado bom, perdoar e esquecer. Se sentem injustiçadas e vivem se lamentando”.

ELEMENTO ÁGUA

Água representa o armazenamento e a conservação de energia, força interior e a fé em si mesmo. Representa as mudanças da vida inerentes ao crescimento e as limitações impostas pelo medo.

Tipo ÁGUA Yin – falta de energia, medo, desiste da vida e de ter controle do próprio destino. Facilmente desencorajado por dificuldades ou perigo, não realiza o suficiente. Falta de determinação para atingir suas metas. A maioria das características são do floral Gentian, mas podemos pensar no Mimulus, porque existe medo de fundo.

Tipo ÁGUA Yang – diz Ross: “ambicioso e cruel, sem consideração pelos outros; autoritário, procura segurança através de poder e dominação”. O Floral Vine: “dominadores, ambiciosos e determinados, opiniões firmes, pessoas duras e austeras. Podem chegar a ser tirânicos”.

ELEMENTO MADEIRA

Tipo MADEIRA Yin – pessoas com pouca força pessoal, inseguras quanto à própria identidade ou ao caminho que devem seguir, indecisos e com dificuldade para expressar a si mesmo, de forma que não conseguem impor limites e são facilmente influenciados e dominados pelos demais. Sofre de falta de confiança. Estas seriam indicações para o floral Centaury.

Tipo MADEIRA Yang – apressadas em tudo o que fazem, impacientes, irritados e mal humorados. Intolerantes com os inseguros e lentos, sem consideração com as necessidades alheias. “Tendem a ser agressivas, raivosas e até violentas”. Pensando nos Florais Impatiens e/ou Holly: O primeiro seria “para os inquietos, irritadiços e nervosos; impacientes e até rudes com pessoas lentas”.  O segundo “para os sentimentos de raiva, ódio, mais explosivos e revoltados”.

Sem título

E então, incrível, não é mesmo??!! Agora volte para o primeiro parágrafo e veja porque pensei na filosofia e obra do Dr. Edward Bach, que disse: “Todo ser humano é único, tem sua própria personalidade,… tem uma vida a viver, um trabalho a fazer, uma individualidade maravilhosa. Tudo o que temos a fazer é preservar nossa personalidade, viver nossa própria vida, desenvolver, melhorar e aperfeiçoar as qualidades em nós mesmos… As verdadeiras doenças fundamentais do homem são defeitos tais como orgulho, a crueldade, o medo, o ódio, a ignorância, a instabilidade e a ambição. Com o tempo, precipitam no corpo os resultados prejudiciais que conhecemos como doença, e que é única e puramente corretiva; nem vingativa, nem cruel. É o meio adotado pelas nossas próprias almas para mostrar-nos nossos erros, impedir que façamos mais mal a nós mesmo… A cura da doença não se dá lutando contra o errado, mas permitindo que a virtude oposta inunde nosso ser e ilumine a falha de nossa natureza.” Heal Thyself, 1932.

Kátia Carvalho Abreu, médica, acupunturista, terapeuta floral com Registro no Bach Centre BZP – 1117-D e instrutora do Instituto Bach do Brasil desde 1998. floral.acupuntura@gmail.com