Resultado de imagem para depression

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que, nos próximos 20 anos, a depressão deve se tornar a doença mais comum do mundo, afetando mais pessoas do que qualquer outro problema de saúde, incluindo câncer e doenças cardíacas.

Atualmente, mais de 450 milhões de pessoas são afetadas diretamente por transtornos mentais, a maioria delas nos países em desenvolvimento, segundo a OMS. As informações foram divulgadas durante a primeira Cúpula Global de Saúde Mental, realizada em Atenas, na Grécia.

“Os números da OMS mostram claramente que o peso da depressão (em termos de perdas para as pessoas afetadas) vai provavelmente aumentar, de modo que, em 2030, ela será sozinha a maior causa de perdas (para a população) entre todos os problemas de saúde”, afirmou à BBC o médico Shekhar Saxena, do Departamento de Saúde Mental da OMS.

Ainda segundo Saxena, a depressão é mais comum do que outras doenças que são mais temidas pela população, como a Aids ou o câncer.

“Nós poderíamos chamar isso de uma epidemia silenciosa, porque a depressão está sendo cada vez mais diagnosticada, está em toda parte e deve aumentar em termos de proporção, enquanto a (ocorrência) de outras doenças está diminuindo.”

Quando nasce um filho a nossa preocupação é a saúde física, contar todos os dedinhos, esperar o resultado do pezinho, nenhuma deformação em parte nenhuma… só que não.. a depressão é uma doença que a gente não detecta no nascimento, por isso a importância de se acompanhar o desenvolvimento da criança, prove-la de carinho, atenção, limites e evitar envolvê-la em brigas de adultos e interesses pessoais.

Cuidei de uma mãe que descobriu a depressão do filho após longo período de negação. Ela relata sua história :

Meu filho sempre teve tudo isso, carinho, atenção, sempre foi preservado, porém em algum momento da vida dele algum ‘fio  se desprendeu’ e ele passou a se isolar em um mundo em que a tecnologia passava a comandar nossas vidas, e a possibilidade de viver num mundo digital passou a ser, pra ele, uma oportunidade de minimizar os tormentos que sua mente lhe impunha, vivia no computador.

Na fase adulta tudo começou a tomar forma, a tristeza do meu filho seguia em paralelo com a minha negação.

‘Eu sou tão feliz, nossa vida familiar sempre foi tão perfeita, meu filho sempre teve todas as oportunidades, uma boa vida, boas escolas, viagem ao exterior, como aceitar que ele pudesse ter algum problema?’

Heis ai o grande problema, o maior acredito, a negação.

Porém os anjos que nos rodeiam devem ser ouvidos, e alguém próximo me avisou: seu filho dorme muito, não come , não conversa, tem olhar triste, e então quando resolvi assumir a realidade chamei meu filho para a fatídica conversa, a mais difícil da minha vida inteira. Meu filho queria me convencer a ajudá-lo a partir dessa vida, pois já não suportava mais o peso de viver por aqui.

Sim naquele momento eu envelheci 50 anos, joguei fora tudo o que havia estudado , toda minha experiência de vida..tudo se esvaiu..porque eu não conseguia me mexer..pensar numa resposta, uma solução para aquele suplício , pois no meu mundo ideal, filhos não pedem para mães ajudá-los a morrer, pois enfim…

Depois de uma jornada intensa, apoiada pela família, me utilizando dos Florais de Bach Originais, consegui enfrentar, aceitar e ajudar meu filho. Ele também tomou florais de Bach, acompanhado de um psiquiatra.

Causas da depressão:

Resultado de imagem para causas da depressão

Fonte: www.passeidireto.com/arquivo/968543/depressao

Os Florais do tratamento para a mãe:

Holly para aceitação, parando de negar o problema

Willow para os momentos que sentiu-se vítima por ter que encarar uma situação dessas.

Red Chestnut para entender o papel do filho em sua vida

Rock Rose para o pânico que a deixou paralisada

Os Florais do tratamento para o filho:

Holly para os momentos de raiva

Mustard para a tristeza profunda sem causa conhecida

Crab Apple para o problema que tinha com seu corpo fisico, e para tratar os tracos de TOC

White Chestnut para os pensamentos obsessivos

Cherry Plum para controle e lucidez.

Atenção; nunca abandone o tratamento convencional, a doença quando instalada deve ser tratada por um médico.